top of page
O MUNDO RESPLANDESCENTE
O MUNDO RESPLANDESCENTE

Margaret Cavendish

AUTORIA

Margaret Lucas nasceu em 1623, na St. John's Abbey de Essex, em uma família rica, mas sem títulos. Depois de se mudarem para Oxford, Margaret se tornou dama de honra da Rainha Henrietta Maria e, em 1644, acompanhou sua senhora para o exílio em Paris. Foi lá que conheceu o futuro marido, William Cavendish, Marquês — e posteriormente Duque — de Newcastle-upon-Tyne. Os dois se casaram em 1645 e voltaram para a Inglaterra no período da Restauração. A própria Margaret afirmava gostar de usar a moda para reiventar a si mesma e, por seu estilo extravagante, era vista pela sociedade contemporânea como excêntrica. Até hoje, muitos se referem a ela como "Mad Madge" (Madge Maluca, em tradução livre). Ela foi a primeira mulher a participar da Royal Society of London, em 1667, criticando e conhecendo vários membros e filósofos da época, como Thomas Hobbes e René Descartes. Também ficou conhecida por defender os direitos dos animais, opondo-se inclusive aos testes em cobaias. A contribuição para a FC, de 1666, foi The Description of a New World, Called The Blazing-World. A obra, que mistura romance, história de aventura e autobiografia, é considerada um dos primeiros exemplos de ficção científica.

OBRAS RELACIONADAS
bottom of page